Poetizando é uma coletânea de poema em estilo haikai, onde o autor brinca com as palavras sem uma preocupação maior com a métrica utilizada pelos poetas tradicionais. Certamente este livro cairá na graça do público leitor.

       Três linhas que diz um universo de coisa, como o poema abaixo:

                                       

                                           TEMPESTADE

 

                                             Entre ventos e

                              trovões tempestuam lágrimas

                                          dos meus olhos

Em O MISTÉRIO DE ZANON - O jovem homem, Ítalo Zanon, vendedor de livros, deixa sua cidade de origem e segue em direção a outra, na esperança de aumentar suas vendas, mas ao chegar na desconhecida cidade, começa a ser, completamente, ignorado pelas pessoas que habitam o lugar. Violonista por paixão se vê preso em um adágio (Pathetique Sonata de Beethoven) carregado de mistério.

Uma mulher vestida de escarlate, uma criança, um velho expedicionário e um psiquiatra, são as únicas pessoas com quem Zanon consegue manter contato na excêntrica cidadezinha e as quais lhe ajudarão desvendar seu intrigante caso, a conseqüência de não conseguir atrair a atenção dos moradores da cidade e a incessante melodia de Bethooven que não sai de sua mente.              

Professor, nem sei se por Amor, é um romance onde Cleso Firmino, dá voz a personagem Horácio para falar das dificuldades do profissional de educação. O romance é composto sob duas visões, uma do aluno (quando criança), a outra do professor (já em sala de aula). Horácio possui um fascínio absoluto pela sala de aula, enquanto Janaina, sua futura esposa, sente apenas aversão pelo ensino. Sua missão é convencer, não só Janaina, como também o leitor, de que a educação é o único caminho para tornar e conservar o ser humano, de fato, livre. Com isso Horácio vai tecendo sua história, através de recortes de sua vida, desde a infância em Araciaca, sua cidade natal, até o fechamento de seu caderno de lembranças na cidade de Caximbó, “Um pedaço esquecido de seu país”. 

               Um romance indicado para professores e alunos      

 


O REENCONTRO e outras escritas é uma coletânea de contos onde o autor Cleso Firmino aborda diversos temas como “Solange: Um caso de amor e paixão” onde discute a infidelidade e infelicidade da protagonista ao intentar a morte do esposo que a amava, para viver uma paixão com o amante; Persistência em “O terceiro pretendente”, onde a personagem Maria Regina aceita pela terceira vez um pedido de casamento, sendo que os dois últimos noivos não a levaram ao altar; Uma mescla de realidade e literatura fantástica na história de Chicó em “O esqueleto falador”; Em “Ação e Reação” um caso de insanidade momentânea da personagem Jorge que age de maneira completamente diferente da normalidade, depois de receber um telefonema; Um conto que narra um pouco da vida e uma obra de um famoso escritor em “Eurico Avilar e o Grande tesouro”; Na ambição pela riqueza a personagem Virgílio aceita uma estranha proposta de um fantasma, para procurar um enterro onde havia um pote cheio de ouro e jóias preciosas em “O tesouro do capitão”.

São 12 contos onde o autor faz uma análise de diversos caracteres humanos e os transforma em uma literatura suave e de fácil compreensão. 

 

COLCHA DE RETALHOS, poemas, foi escrito entre os anos de 1994 e 2003, durante o tempo de serviço militar, e inicialmente tinha como título “Poesia na Caserna”, obra não publicada naquela ocasião.

Muitos dos poemas que compunha este livro se perderam durante mudanças do autor no período que deixou as fileiras do Exército, contudo boa parte das poesias de Cleso Firmino foram resgatadas e publicadas no livro ora apresentado. Realmente, uma obra de grande valor sentimental e literário desse poeta.

PLANETA DAS MULHERES é uma leitura de passa tempo, mas muito reflexiva, levando o homem a rever seus conceitos a respeito da violência contra a mulher, discutindo com sutileza nas entrelinhas do texto, a lei Maria da Penha. A narrativa conta a história de Aroldo que após agredir sua esposa Marcela, vão parar numa delegacia e o leitor se surpreende com o desenrolar da trama ao notar que no conto, o único homem existente é Aroldo, daí o título da obra “Planeta das Mulheres. Como terminará esta estória? Leia e descubra o final.

EXCERTOS DO PREFÁCIO DE NOIVA DO PANTANAL — Publicado em 1992

 

Com os largos e alvos caminhos de minha existência, recebi , com muita satisfação a feliz incumbência de prefaciar o livro de versos do jovem poeta Cleso Pereira Firmino, que leva o título “NOIVA DO PANTANAL”.

Com apenas dezessete anos de idade o autor procura, embora modestamente, expressar os seus primeiros lampejos poéticos, levando as boas mensagens extraídas do mais profundo ímpeto de seu ser.

                             ...............................................................................................

O tema romântico, em abundância abordado pelo autor, demonstra a sua sensibilidade e jovialidade (embora não seja privilégio só de jovens), onde o amor se esparrama nos horizontes da existência, como lavas de vulcão, fazendo o coração transbordar de romantismo, tanto em sentimento geral como para sua imaginária e as vezes real amada...

                ..................................................................................................................

Parabéns Cleso Pereira Firmino, a luta é nossa, e que "NOIVA DO PANTANAL" seja o início de uma série de livros de sua autoria.

 

                                                     ETEVALDO VIEIRA DE OLIVEIRA

                                                                     Escritor e Poeta