CLESO FIRMINO é Sul-Mato-Grossense, natural de Camapuã, mas reside na belíssima Coxim — terra do pé-de-cedro — ao norte do de Mato Grosso do Sul, desde 1994.

Formado em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, escreve desde os 13 anos, tendo publicado seu primeiro livro de poesia, "NOIVA DO PANTANAL", aos 17, pela ANE – Associação de Novos Escritores de MS, incentivando pelo advogado, poeta e também amigo Dr. Etevaldo Vieira de Oliveira.

Em 2010, publicou de forma independente uma coletânea de contos tendo como título “O REENCONTRO e outras escritas”.

Entre 1994 e 2003, durante o serviço militar, escreveu o livro “POESIA NA CASERNA”, publicado posteriormente com o título “COLCHA DE RETALHOS” em 2011.

Em 2012 veio o romance “PROFESSOR, NEM SEI SE POR AMOR”, publicado pela Editora Protexto.

Em 2013, Cleso presenteia seu público leitor com uma novela literária, cujo título é “O MISTÉRIO DE ZANON”, publicado pela Giostri Editora.

E em 2015 publica, pela Digital Editora, “POETIZANDO”, uma coletânea de poemas em estilo Haikai. Neste mesmo ano, Cleso é empossado como membro vitalício da ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL – SECCIONAL COXIM, ocupando a Cátedra de Nº 06, cujo patrono é MARECHAL RONDON.

Além de poeta e escritor, é também compositor evangélico; tendo contribuído para diversos álbuns de artistas regionais desde 2004.